Diversão

Anitta revela detalhes da vida pessoal em série documental da Netflix

Divulgação

A série 'Vai Anitta' foi liberada nesta sexta-feira (16) pela Netflix. Os fãs da cantora não se contentaram em terminar a maratona logo pela manhã - eles já estão fazendo campanha para a segunda temporada! 

Com seis episódios, a produção compartilha com o espectador parte da história da brasileira que saiu de uma favela do Rio de Janeiro para alçar voos pelo mundo.

Larissa de Macedo Machado, esse é o nome de batismo da maior estrela atual da música brasileira. Mais conhecida como Anitta, a artista atingiu tudo e mais um pouco nos últimos anos. A carioca, que começou nos bailes funks da Furacão 2000, chegou a um patamar talvez nunca antes alcançado por artistas brasileiros, sendo reconhecida internacionalmente com hits em inglês e em espanhol que fazem sucesso Brasil e mundo afora.

Apesar de parecer uma trajetória meteórica, já que Anitta tem apenas 25 anos e o “boom” da carreira ocorreu há cinco anos com o sucesso de Show das poderosas, a artista galgou tudo isso com muito trabalho. 

Vai Anitta tem o projeto Check Mate, que deu origem ao lançamento das músicas Will I see you (com Poo Bear), Is that for me (parceria com Alesso), Downtown (gravado com J. Balvin) e Vai malandra (com Tropkillaz e Yuri Martins) como ponto de partida. É a partir do processo de concepção e gravação da iniciativa que é montada a narrativa de Vai Anitta. “A gente vai falar um pouco da minha vida, como sou, um pouco do meu início, mas é bem focado em Check Mate. É muito uma apresentação do que rola na minha carreira”, afirma a cantora.

A escolha exatamente por esse momento também é explicada pela artista: “Esse projeto foi o principal para começar minha carreira internacional. Foi com o Check Mate que tudo fora do Brasil começou a acontecer. Então é da importância desse projeto que a gente vai falar nessa temporada”. Afinal de contas, o projeto rendeu parcerias internacionais e um reconhecimento mundial, em que Anitta venceu prêmios e apareceu em programas fora do Brasil.

E, apesar de Check Mate ser o foco principal, nos seis episódios Anitta compartilha diferentes aspectos da carreira iniciada como uma das funkeiras da Furacão 2000, empresa que promovia bailes, programa de televisão e agenciava artistas do gênero no Rio de Janeiro. “A gente fez muito essa série pensando em me apresentar. Como eu disse, numa primeira temporada, a gente sempre pensa em que mostrar, no que falar. É bem difícil. Eu só tenho 25 anos, mas já aconteceu tanta coisa. Com o presente, a gente tem a narrativa do Check Mate, mas aproveita para ir apresentando e salpicando algumas informações da minha vida, do meu passado, sem entregar demais para ter uma expectativa para uma próxima (temporada)”, diz.

O início da carreira de Anitta ganha espaço na produção tendo em vista o público dos mais de 100 países aos quais a Netflix tem catálogo. “Ao mesmo tempo que aqui no Brasil muita gente que já conhece sobre mim, tem muita coisa que vai ser muito óbvia quando assistirem, a série é uma apresentação de quem eu sou para as pessoas que nunca me viram também. Esse foi o grande desafio, a gente fazer para o Brasil, que já me conhece e acompanha minha carreira há um tempo, mas também me apresentar para as pessoas que nunca ouviram falar de mim na vida. Mas tem novidade para a galera do Brasil, que é óbvio, é o público principal”, completa.

Vida pessoal

Além dos aspectos mais profissionais, Vai Anitta explora questões da vida pessoal da artista, como a depressão, o dia a dia com o agora ex-marido Tiago Magalhães e os momentos ao lado da família. Anitta conta que fez questão de mostrar tudo. “Sou completamente desapegada de tudo. Para mim, o cara filma o que ele quiser. Teve até alguns momentos que dei miniesporros e eles vão estar na série. Eu falava: “é pra filmar tudo!” Não estabeleci limite nenhum. E mais para o final a galera foi pegando mais intimidade comigo e entendendo (os momentos para filmagem). Tem algumas coisas que vocês não veem na minha vida e vão ver na série com certeza”, adianta.
 

 

 

 

Divulgação
Comentários
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.
ANUNCIE AQUI