Diversão

Criada na umbanda, Juliana Paes diz que adora frequentar cultos evangélicos

Apesar de ter sido criada na umbanda, Juliana Paes diz encontrar respostas para questionamentos internos em quase todas as religiões. Para a atriz, o fato de a religião umbandista não estar baseada em um só livro, como é o caso da Bíblia cristã, favoreceu sua visão plural a respeito do tema.

No "Encontro" (Globo) de sexta-feira (20), ela contou que frequenta os cultos em terreiros desde os dois anos de idade. "A minha avó era era chefe de terreiro. Toda a minha descoberta espiritual foi através deste fio. Quando eu fui ganhando a minha autonomia, busquei outras fontes de informação. Procurei estudar outras coisas, como o budismo e o kardecismo."

Ela ainda afirmou frequentar igrejas protestantes. "Tenho um irmão evangélico e adoro ir ao culto com ele." A artista defende que as pessoas ouçam o "que fale a seu coração", independente da orientação religiosa.

Nas últimas semanas, Juliana esteve no ar como a Zana de "Dois Irmãos", minissérie escrita por Maria Camargo e com direção artística de Luiz Fernando Carvalho. Como a trama foi gravada em 2017, ela já se prepara para o seu próximo papel, que será em "A Força do Querer", de Gloria Perez.

Comentários
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.
ANUNCIE AQUI