Diversão

Em vídeo, Naldo chora e perde perdão após denúncia de agressão à mulher

Reprodução/YouTube

Nesta quinta-feira (7), o cantor Naldo Benny divulgou um vídeo onde aparece pedindo perdão à mulher, Ellen Cardoso (conhecida por seu nome artístico Moranguinho), pelas agressões físicas ao qual foi acusado. Na gravação, o artista, chorando, afirma amar muito Ellen e diz estar morrendo de saudades da sua família.

"Quero incansavelmente pedir perdão à minha mulher. Eu amo muito a minha mulher. Quem me conhece sabe o cara de bem que eu sou. O quanto estou buscando me cuidar com profissionais, com situações que ela mesma falava para mim. Estou aqui morrendo de saudade da minha filha, da minha mulher. Estou aqui no quartinho dela olhando todas fotos nossas, arrependido, destruído, sem a menor vergonha de falar. Eu sei que as pessoas vão me bater, me julgar...", disse Naldo.

O cantor foi preso nesta quarta-feira (6) por porte ilegal de arma de fogo e após ser denunciado por Moranguinho, que relatou ter apanhado do marido no final de semana com socos, chutes e puxões de cabelo. Além disso, a dançarina afirmou que as agressões ocorrem já tem sete anos, motivadas por ciúmes.

Naldo deixou a prisão após pagar fiança. Ele está na casa onde morava com Moranguinho, que abandonou o imóvel com a filha do casal, Maria Vitória, de 2 anos. 

De acordo com o Extra, a juíza Ana Paula Delduque Migueis Laviola de Freitas, do 3º Juizado de Violência Doméstica de Jacarepaguá, determinou, com base na Lei Maria da Penha, que o artista fique afastado da mulher, de seus familiares e das testemunhas do caso, mantendo distância mínima de 100 metros. Ele também foi proibido de ter qualquer contato com Moranguinho por quaisquer meios de comunicação, inclusive pela internet.

Assista ao vídeo:

Comentários
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.
ANUNCIE AQUI