Diversão

Por contenção de gastos, governo de Goiás não realizará festa para réveillon 2020

Cristiano Borges
Fogos de artifício no Réveillon da Praça Cívica, em Goiânia em 2015

O governo de Goiás, por meio da Agência Estadual de Turismo (Goiás Turismo), decidiu que não vai realizar festa de revéillon para a chegada de 2020.

A decisão segue recomendação do Tribunal de Contas do Estado de Goiás (TCE), para que recursos financeiros não sejam aportados para a contratação de shows em geral até que seja finalizada auditoria em contratações realizadas por gestões passadas. 

Além disso, decreto assinado pelo governador Ronaldo Caiado (DEM), no início do ano, determina contenção geral de despesas em todos os órgãos do poder Executivo e empresas estatais. 

Segundo o presidente da Goiás Turismo, Fabrício Amaral, além do impedimento legal, o Estado passa por um momento de contenção de gastos. "Não somos contra os shows ou a festa de ano novo, especificamente. Entendemos que faz parte da nossa cultura e é bom para o turismo. Mas existe essa recomendação legal e hoje estamos em uma fase de contenção de gastos, para que o governo possa cumprir com as obrigações em relação à Saúde, Educação, o salários dos servidores, entre outras coisas", concluiu. 

Comentários
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.
ANUNCIE AQUI