Diversão

'Surubinha de Leve': funk que faz apologia ao estupro lidera músicas virais do Spotify e é retirada

Twitter/Mcdiguinho

A música Surubinha de Leve, do MC Diguinho, virou assunto nas redes sociais nos últimos dias após internautas apontarem que sua letra faz apologia ao estupro. A faixa tem trechos como "Taca a bebida/ Depois taca a pica/ E abandona na rua". A música chegou a liderar a lista das músicas mais virais do Brasil no Spotify.

Porém, após as críticas, o serviço de streaming resolveu agir. Por meio de assessoria, o Spotify informou que recebeu diversas denúncias e entrou em contato com a gravadora, que prometeu retirar a música da plataforma nas próximas horas. O serviço ainda informou que a música foi parar na lista das mais virais pois teve um "pico de consumo nos últimos dias". 

Contatada pelo E+, a produtora GR6, responsável pela produção de MC Diguinho, disse que ainda não tem um pronunciamento sobre o assunto e que o clipe de Surubinha de Leve será lançado nesta quarta-feira, 17, às 21h, no YouTube. Mesmo assim, a produtora informou que há a possibilidade de que a letra da música seja alterada. Procurado, o YouTube ainda não se pronunciou sobre o assunto. 

Em seu Twitter, Diguinho continua fazendo um trabalho de divulgação constante do clipe e da música há alguns dias e não tem respondido às críticas sobre o teor da letra.

Comentários
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.
ANUNCIE AQUI