Diversão

Thyane Dantas afirma ter sido traída por Wesley Safadão durante gravidez

Reprodução Instagram @thyane

Thyane Dantas recorreu às redes sociais para dar seu ponto de vista sobre a relação do marido, o cantor Wesley Safadão, com sua ex-mulher, Mileide Mihaile. Porém, acabou fazendo revelações a respeito das puladas de cerca do artista.

De acordo com a companheira de Safadão, a situação chegou a um ponto em que foi preciso ela se separar do cantor quando estava grávida de Ysis, primeira filha do casal e atualmente com 4 anos.

“Um período bem difícil foi na minha outra gestação, onde eu estava esperando a Ysis. A gente terminou. Cheguei para ele e terminei, não aguentava mais aquilo ali, eu soube de traições”, desabafou a atual mulher do artista. O casal reatou quando a menina tinha cerca de 4 meses.

Conforme relato de Thyane, foi preciso que Wesley aceitasse Deus na vida do casal para que o matrimônio pudesse ser reatado. Contou ainda que eles tiveram ajuda de Kaka, marido da sertaneja Simone, da dupla com Simaria, para continuarem juntos.

“Eu achava que realmente ali estava tudo errado, meu Deus, tanto sofrimento por um amor. Mas após a Ysis nascer, passou um mês, passou dois, e eu sabia de muitas histórias dele, de bebida, de farra, de mulheres… e tinha certeza que a gente não voltaria. Uma coisa certa eu tinha: não ia querer ninguém que não me respeitasse, que não me quisesse. Se fosse pra gente estar juntos, ele tinha que vir restaurado, tinha que ser tudo diferente porque do jeito que estava era melhor se separar. Quando a Ysis tinha mais ou menos uns quatro meses foi quando ele me procurou arrependido, me pedindo uma nova chance, pedindo pra que a gente tentasse ficar juntos, que a ficha dele tinha caído e a gente resolveu nos dar essa nova chance, a gente começou a morar juntos e a gente trouxe o indispensável para nossa vida que é Deus. A gente começou a fazer orações, eu conheci pessoas especiais que marcaram nossa vida. O marido da Simone (da dupla com Simaria), o Kaka, me falou de um curso que era o MMI, um curso de casados para sempre, onde esse curso foi transformador para eles, e de fato foi um divisor de águas em nossa vida, foi quando o espírito santo nos transformou como homem e mulher”, afirmou Thyane.

 

Comentários
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.
ANUNCIE AQUI