Diversão

Zilu diz que sabia de traições de Zezé: "Tentei salvar meu casamento por três anos"

Zilu Godoi

A ex-mulher do sertanejo Zezé di Camargo, Zilu Godoi, quebrou o silêncio sobre as traições do cantor e o divórcio. Em entrevista divulgada no último domingo (12), ela revelou que sempre soube das "escapulidas" de Zezé.

"Eu sempre soube que o Zezé dava as escapuidas dele. Eu sempre larguei de lado, até pela família, pelos filhos. Ai, quando surgiu essa pessoa que está com ele hoje, eu tentei salvar por três anos meu casamento", disse a respeito da atual esposa do cantor, Graciele Lacerda. 

Zilu e Zezé foram casados por mais de 30 anos. A declaração foi feita durante especial de homenagem pelo Dia das Mães no programa Hora do Faro. 

Sobre a atual de Zezé, Zilu disse que não nutre sentimentos negativas. "Eu nunca consegui ter um sentimento contra ela, para mim é como se ela não existisse", contou. Ainda segundo Zilu, ela soube da traição por meio de um amigo e chegou a confrontar Zezé sobre o caso extra-conjugal, que respondeu que não saberia responder qual das duas amava mais. 

"O Zezé sempre foi uma pessoa muito presente como marido, como pai. Muito caseiro. Eu não tinha como saber que tinha outra pessoa. Até que um amigo nosso em comum me chamou em um hotel e colocou Zezé no viva-voz para falar da menina. Para me contar da menina. Eu tive todas as provas ali. Fui para casa destruída, acabada. Subi, tomei um banho e desci como se nada tivesse acontecido. Não deixei ninguém perceber nada. Quando terminou o jantar, eu pedi para conversar e falamos sobre a menina. E ele foi honesto, disse 'É verdade. E não me pergunte quem eu amo mais, se é você ou se é ela, porque não sei responder'", disse.

Durante a entrevista, Zilu também revelou que passou por um período muito difícil após op fim do relacionamento. "Eu não aguentei. Na verdade, fui internada três vezes, tive uma depressão profunda. Fiquei em Miami por dois anos com depressão, de ir até para o hospital. De pensar em tirar a própria vida. Um monte de coisas. Eu morri por dois anos", disse ela, frisando que desistiu do suicídio por conta dos filhos. "Eu falei: Como eles conseguiriam conviver com isso? Como eles olhariam para o pai?".

Comentários
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.
ANUNCIE AQUI