Famosos

Assessoria de Henrique, dupla com Juliano, se manifesta sobre possível agressão do cantor

Divulgação
Henrique, que vive em uma fazendo no estado do Tocantins, mas sem sucesso. A intimação, inclusive, teria sido enviada até para o endereço da empresa da dupla, em Goiânia.

A assessoria de Ricelly Henrique Tavares, o Henrique da dupla com Juliano, se manifestou após a repercussão da notícia de que a Justiça ainda estaria atrás do artista por um caso de agressão que teria ocorrido em 2018. Na ocasião, o técnico de ar-condicionado Thiago Júnior Martins acusou Henrique de tê-lo agredido com um soco na festa de aniversário da cantora Marília Mendonça, em Goiânia.

Conforme noticiado em julho de 2018, Thiago procurou a polícia após, supostamente, ser agredido por Henrique e outras pessoas na festa. Na época, o rapaz relatou que havia pegado o celular no bolso para abrir a galeria de fotos, ato que foi confundido com a tentativa de filmar o evento.

“Fui abrir a galeria de fotos, um deles tomou o celular da minha mão, me desferiu um soco na boca. Apareceu o Henrique que, ao invés de apartar, me enforcou com muita força, deu soco na cara, passou a mão no meu rosto, me mostrou o sangue e me chamou de otário", contou, ao G1 Goiás, o rapaz que tinha 26 anos na época.

Ainda segundo ele, logo depois apareceram outras pessoas que também o agrediram. “Eu falei que meu celular estava na mão de uma pessoa, ele tomou o celular dessa pessoa, me entregou e falou para eu correr”, afirmou. 

Na ocasião, um exame médico constatou lesões na boca e no nariz de Thiago. No entanto, o delegado do caso disse na época que não havia comprovação de que as lesões ocorreram na festa em questão.

Processo

Conforme informações adiantadas por um veículo de Brasília, Thiago denunciou Henrique nas esferas cível e criminal, pedindo o valor de R$ 50 mil em indenização. Na criminal, o artista conseguiu um acordo por transação penal, pagando o valor de R$ 7,5 mil e encerrando o caso.
Porém, na esfera cível, a Justiça teria tentado entrar em contato com Henrique, que vive em uma fazendo no estado do Tocantins, mas sem sucesso. A intimação, inclusive, teria sido enviada até para o endereço da empresa da dupla, em Goiânia.

A reportagem procurou a assessoria de Henrique, que declarou que “tão logo comunicado oficialmente, tomará as providências cabíveis".

Veja a nota:

"Henrique tem a vida pública e soa contraditório dizer que a justiça não consegue encontrá-lo. Conforme observado na matéria, Henrique reside há anos em sua fazenda no Tocantins onde sempre esteve a disposição das autoridades, não tendo qualquer motivo para esconder-se ou esquivar-se de nenhuma intimação; de forma que, tão logo comunicado oficialmente, tomará as providências cabíveis".

 

Comentários
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.
ANUNCIE AQUI