Geral

Anápolis e Itaberaí deixam a zona vermelha do mapa de calor de Covid-19

A região Pirineus, onde está Anápolis, Pirenópolis e outras oito cidades, deixou a faixa vermelha pela primeira vez desde que o mapa de calor de risco da Covid-19 em Goiás começou a ser divulgado pelo governo estadual com a atual fórmula, no dia 27 de fevereiro. Agora, esta região – que abrange 528 mil habitantes - se encontra na faixa laranja, que é intermediária.

Também estão na cor laranja as regiões Norte e Rio Vermelho. A primeira envolve Porangatu e mais 12 cidades e um total de 138 mil habitantes, enquanto a segunda abrange Goiás, Itaberaí e mais 15 cidades e 199,7 mil habitantes. A Norte está nesta faixa pela segunda semana consecutiva, enquanto Pirineus e Rio Vermelho entraram na última atualização do mapa de risco, divulgada nesta sexta-feira.

A região Serra da Mesa, na qual entra Uruaçu, Niquelândia e mais 7 cidades e um total de 129,9 mil habitantes, voltou a estar na faixa vermelha após uma semana na laranja. Nesta região houve uma piora na taxa de contágio e na de ocupação de leitos de UTI para Covid-19 na rede estadual.

No mapa do calor criado pelo governo estadual, a cor vermelha é considerada calamidade, a mais grave. Já a região com a cor laranja está em situação crítica e amarela é considerada situação de alerta, a mais branda. As cores mudam de acordo com a situação da Covid em cada lugar. 

 

Zuhair Mohamad
Anápolis é a cidade pólo da região Pirineus, conforme Mapa de Calor da Covid-19
Comentários
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.
ANUNCIE AQUI