Geral

Anel interno da Praça Cívica é interditado. Veja desvios

Wesley Costa / O Popular

A partir das primeiras horas desta segunda-feira (20), primeiro dia útil da semana, as atenções dos motoristas que trafegam pela região da Praça Cívica, em Goiânia precisam estar redobradas. Neste domingo (19), o anel interno entre as avenidas 83 e 85 e o cruzamento da avenida 84 com a rua 82 foram interditados para a continuidade das obras do BRT Norte-Sul, que começaram em julho de 2021. A entrega do trecho foi, mais uma vez, adiada, ficando agora para 20 de julho.

A Secretaria Municipal de Mobilidade (SMM) sugere a busca de rotas alternativas, como o terceiro anel, na Rua 94, criado há quase um ano. Como é uma área de muito movimento em razão do serviço público, aplicativos de GPS também podem ajudar o motorista a encontrar vias menos congestionadas.

Além das barreiras de concreto, a SMM instalou sinalização especial e placas de desvios e mantém agentes na região para orientar os condutores de veículos.

Adutora

Prevista para iniciar no dia 14, esta etapa das obras do BRT sofreu adiamento para atender pedido do governador Ronaldo Caiado que realizaria um evento na Praça Cívica. Nesta segunda-feira (20), numa ação conjunta da Saneago e do consórcio responsável, começa o remanejamento de uma adutora na principal alça de acesso da praça com a Avenida 84 e a remoção do pavimento existente. Com o atraso, a previsão agora é que até 20 de julho o trabalho esteja concluído.

Pelo planejamento do Consórcio BRT, o novo pavimento e calçadas, além da mudança da adutora, estarão concluídos ao mesmo tempo. Ainda em julho começam as obras das quatro estações de embarque e desembarque da Praça Cívica.

A expectativa é que toda essa parte que envolve o mais importante logradouro da cidade, que abriga o Palácio das Esmeraldas, sede do governo estadual, e o Palácio Pedro Ludovico Teixeira, centro administrativo, e prédios históricos, esteja concluída até setembro deste ano, com tráfego liberado.

Já com aval do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), serão construídos na Praça Cívica 1.240 metros lineares de pavimentação do corredor do BRT e de vias comuns de concreto.

No lançamento das obras, há quase um ano, a previsão de conclusão seria de 75 dias. Com os atrasos, o anel interno da Praça Cívica, que ficou interditado desde então, passou a ser utilizado como estacionamento. Quando for reaberto, será exclusivo dos ônibus do transporte coletivo. Outros veículos não poderão trafegar e nem estacionar no espaço.

Conforme a Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seinfra), em setembro será entregue o primeiro trecho do BRT Norte/Sul, entre os terminais Recanto do Bosque e Isidória. Mas também não foram concluídos os trabalhos das estações e dos terminais Rodoviária e Perimetral. “Na Avenida Goiás, essas obras serão realizadas entre julho e dezembro”, informa a assessoria de imprensa da Seinfra.

Para garantir mais fluidez ao tráfego e segurança viária, a SMM reforçou o número de agentes na região e realizou o ajuste dos tempos semafóricos no terceiro anel, da Rua 94.

Comentários
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.
ANUNCIE AQUI