Geral

Atenção, passageiros: por causa da greve, ônibus vão operar em regime especial em Goiânia

Foto: Reprodução
Objetivo de encontros é subsidiar tarifa e promover melhorias no sistema de transporte público

A Companhia Metropolitana de Transportes Coletivos (CMTC) anunciou nesta sexta-feira (10) regime especial de operação em cinco linhas de ônibus para atender aos usuários do Eixo Anhanguera, diante da paralisação dos motoristas da Metrobus marcada para segunda-feira (13). 

Segundo informações da companhia, o plano contingencial terá 107 ônibus distribuídos em cinco linhas nos terminais Novo Mundo, Praça da Bíblia, Praça A, Dergo, Padre Pelágio e Vera Cruz. A orientação ao usuário será feita nos terminais afetados com a greve com material gráfico produzido pelo consórcio.

Além disso, a CMTC também encaminhou ofício à Metrobus para que a empresa mantenha 30% da frota em funcionamento. "A Companhia espera que a estatal e o Sindicato dos Trabalhadores de Transporte Rodoviário no Estado de Goiás (Sinditransporte) entrem em acordo quanto às reivindicações feitas pela categoria, e que o serviço volte à normalidade o mais breve possível", diz a publicação. 

Os trabalhadores da Metrobus decidiram entrar em greve em assembleia realizada no último domingo (5), após, segundo eles, várias tentativas frustradas de acordo com a empresa. O presidente do Sindicato dos trabalhadores em transporte rodoviário do estado de Goiás (Sindittransporte), Alberto Magno Borges, contou que a situação está se arrastando desde janeiro e que a categoria já buscou uma solução, sem sucesso, junto ao Ministério Público do Trabalho (MPT) e com a empresa. 

Em nota, a Metrobus informou que tem procurado manter diálogo com todos seus colaboradores. "A realidade econômica de hoje é diferente das vividas em outras épocas e é necessário compreensão de todos. A direção da empresa, além de consulta à Procuradoria-Geral do Estado (PGE), solicitou apoio para mediação ao Sindicato das Empresas de Transporte (SET) e também ao Ministério Público do Trabalho (MPT)".

Comentários
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.
ANUNCIE AQUI