Geral

Decreto do governo de Goiás confirma restrição ao comércio e indústria

Pixabay

Decreto publicado na noite desta terça-feira pelo governo estadual estabelece que as indústrias terão de levar trabalhadores em casa e só poderão funcionar em um turno de oito horas. Feiras livres e lojas conveniência terão de respeitar o limite de 50% da capacidade. Hotéis poderão ter ocupação máxima de 65%. Já o comércio terá funcionamento restrito de segunda a sexta-feira, apenas seis horas por dia em período a ser estabelecido pelo município. Nos supermercados está vedado o consumo de alimentos e bebidas, além do acesso de mais uma pessoa por família.  Já as aulas presenciais serão definidas em reunião do Centro de Operações de Emergências (COE). 

Mais informações a qualquer momento

Comentários
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.
ANUNCIE AQUI