Geral

Goiás tem mais sete casos confirmados e chega a 1,1 mil pessoas infectadas pelo novo coronavírus

Freepik
Análise em laboratório

Goiás tem 1.100 pessoas com a confirmação de infecção pelo novo coronavírus nesta segunda-feira (11). Outras 11.969 estão com a suspeita de ter contraído o vírus e passam por investigação. Até agora, o Estado registrou 49 mortes pela síndrome, duas a mais que o divulgado no último boletim, na tarde de domingo (10). Até agora, 3.984 notificações já foram descartadas e 118 amostras estão em análise no Laboratório Estadual de Saúde Pública Dr. Giovanni Cysneiros (Lacen-GO).

Além das mortes confirmadas, a Secretaria de Estado da Saúde (SES-GO) informou que existem 37 óbitos suspeitos que estão em investigação. Já foram descartadas outras 110 mortes suspeitas em municípios goianos.

Entre os casos confirmados, 38 pessoas seguem internadas. Destes, 22 pessoas estão hospitalizadas em leitos clínicos e 16 em Unidades de Terapia Intensiva (UTIs). Há ainda 88 casos suspeitos e em investigação que se encontram internados; destes, 58 estão em leitos clínicos e 30 em UTI.

A SES-GO informou que o boletim com as notificações da SES-GO foi informatizado e que realiza o processamento dos dados a partir dos sistemas do Ministério da Saúde (e-SUS VE e Sivep Gripe). Eventuais diferenças são justificadas por ajustes nas fichas de notificação pelos municípios, como por exemplo, a atualização do local de residência da pessoa.

Cidades

Até agora, 73 cidades têm casos confirmados do novo coronavírus. Outras 108 cidades possuem casos suspeitos da infecção e apenas 65 ainda não têm nenhum registro ligado ao vírus.

Entre as localidades sem qualquer caso suspeito ou confirmado estão Itarumã, Aporé, Baliza, que ficam no Sudoeste goiano. No Norte, cidades como Montividiu e São Miguel do Araguaia também estão sem casos suspeitos ou confirmados. No sudeste, são exemplos de cidades sem registro Ouvidor e Davinópolis.

Goiânia mantém número de mortes

Goiânia permanece com 22 mortes confirmadas pelo novo coronavírus pelo terceiro dia. O boletim divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS) nesta segunda-feira (11) mostra que o número de confirmações pela infecção do vírus Sars-CoV-2 passou de 693 para 736, com 43 novos casos.

Considerando os casos desde a última segunda-feira (4), as mortes tiveram aumento de 61%. Na data a cidade tinha 13 mortes confirmadas. Além disso, a SMS ainda informou que 194 dos 700 bairros da capital têm casos confirmados do novo coronavírus. Os setores Bueno e Oeste seguem no topo da lista com 73 e 57 casos, respectivamente. Dentro das confirmações, 397 são de pacientes do sexo feminino e 339 do sexo masculino. 

Dentre os casos confirmados, 334 tiveram a investigação concluída. Deste total, 229 não precisaram ser internados, diferente de outros 105 que precisaram de atendimento médico em unidade de saúde para combater a infecção. Destes, 63 precisaram de leitos em Unidades de Terapia Intensiva (UTI). A maior parte das internações, de 77 pessoas, foi na rede privada. Apenas 28 foram na rede pública de saúde.

Comentários
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.
ANUNCIE AQUI