Geral

Goiás ultrapassa 1 mil casos e tem recorde de mortes por Covid-19

Diomício Gomes
Socorristas do Samu levam paciente para o Hospital de Campanha de Goiânia

Goiás ultrapassou mil casos de Covid-19, doença provocada pelo novo coronavírus, nesta quarta-feira (6) e chegou a 1.002 registros no Estado. O número de mortes também subiu de 38 para 46. As informações foram divulgadas pelo governador, Ronaldo Caiado (DEM), durante uma live nas redes sociais.

Esse é o recorde de casos registrados em apenas 24 horas, foram 80 confirmações em um único dia.  Caiado também expressou preocupação com a quantidade de municípios goianos atingidos pela pandemia, já são 68. Também foi registrado recorde de mortes confirmadas em um dia, foram oito acrescidas na estatística desde ontem. 

"O crescimento tem sido muito rápido nos últimos dias. Seguramos por muito tempo até chegar aos 100 casos em Goiás. Mas para alcançar os mil casos o tempo foi bem mais curto, o que aumenta a possibilidade de elevar ainda mais rapidamente o número de notificações para chegar aos 2 mil casos. É preocupante e muito."

O governador também falou que o Estado chegou a ser o recordista em isolamento social, que teve média de 66.4% de isolamento social. Ele acredita que isso influenciou na demora para o avanço das confirmações de casos. Caiado reforça que o atual cenário coloca Goiás como um dos piores nos índices de isolamento social. "Isso é péssimo. Ninguém quer perder um ente querido ou ser vitimado."

O governador ainda disse que a Polícia Militar e a Vigilância Sanitária tem fiscalizado o funcionamento dos estabelecimentos com as novas regras, impostas para minimizar o contágio. Ele pede ajuda para toda a população para obedecerem às regras para reduzir os casos.

20 mortes em Goiânia

Com a confirmação de mais seis óbitos nas últimas 24 horas em decorrência do novo coronavírus, Goiânia registrou nesta quarta-feira (6) 20 vítimas fatais da doença. Ao todo, 560 pessoas foram infectadas pelo vírus na capital. As informações foram repassadas pela Secretaria Municipal de Saúde de Goiânia (SMS).

Dos 20 mortos, 13 são homens e sete mulheres. E a maioria dos pacientes que faleceram na cidade por Covid-19 é idosa – 17 tinham mais de 60 anos.  Duas vítimas tinham entre 40 e 59 anos. E uma tinha entre 20 e 39 anos.

A SMS reforçou que os seis novos óbitos não ocorreram nas últimas 24 horas.

Comentários
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.
ANUNCIE AQUI