Geral

Goiás ultrapassa a marca dos 5 mil casos de Covid-19

Freepik
Ilustração do novo coronavírus

Goiás chegou a 5 mil casos confirmados de Covid-19, de acordo informações do boletim epidemiológico sobre o novo coronavírus (Sars-CoV-2) da Secretaria de Estado da Saúde de Goiás (SES-GO). Foram necessários apenas 3 dias para o Estado ver o registro de infectados aumentar mais um milhar.

O milésimo caso de Covid-19 em Goiás foi registrado no dia 6 de maio, após 56 dias da doença confirmada no Estado. Depois, o número foi duplicado após 14 dias. O 3.000º caso chegou após mais 8 dias, em 28 de maio. Então, com mais 5 dias, chegou-se ao caso 4.000.

São 434 casos a mais do que o anotado no boletim de quarta-feira (3). Já é o segundo dia em que se registra mais de 400 novos casos em um intervalo de 24 horas. O primeiro dia foi na terça-feira (2), quando foram anotados 419.

E já são 10 dias em que o boletim estadual acrescenta mais de 100 casos a cada 24 horas, uma média diária de 251 novos registros por dia. Como comparação, os 10 dias anteriores registravam uma média de 94 casos diários.

Nas próximas horas, mais 4 municípios podem chegar também ao grupo dos que registram mais de 100 casos de Covid-19: Senador Canedo e Jataí já contam com 99 notificações e Luziânia e Novo Gama estão com 98. Planaltina vem em seguida com 90 casos. Depois, mais atrás, aparece Trindade, com 59.

Por enquanto, 7 cidades aparecem no boletim estadual com mais de 100 casos: Goiânia (1.984), Aparecida de Goiânia (568), Águas Lindas (275), Valparaíso (176), Anápolis (175), Rio Verde (157) e Santo Antônio do Descoberto (131).

Dos 10 municípios com mais pessoas confirmadas com Covid-19, 5 são do Entorno do Distrito Federal e 3 da região metropolitana de Goiânia, incluindo aí a própria capital.

Entraram na relação desta quinta-feira (4) da SES-GO mais 7 cidades: Campo Limpo de Goiás, Cidade de Goiás, Damolândia, Israelândia, Jandaia, Montes Claros de Goiás e São João da Paraúna. Agora já são 149 municípios com casos confirmados que entraram no boletim. Há cidades que as prefeituras já registram moradores contaminados, mas cujas notificações ainda não chegaram à SES-GO, como Brazabrantes e Cristianópolis.

A assessoria de imprensa da prefeitura de Goiás contesta a informação sobre o caso confirmado que aparece no boletim estadual. De acordo com o executivo municipal, não há sequer um caso suspeito em investigação na cidade. Problemas com notificações de casos tem sido comuns, uma vez que o boletim é abastecido pelos bancos de dados do Ministério da Saúde e estes são alvos constantes de reclamação por parte das prefeituras.

Goiânia registra mais 100 casos em um dia pela terceira vez

Os casos da Covid-19 também vem crescendo em uma alta velocidade em Goiânia. A prova disso é que a capital registrou mais uma vez mais de 100 casos confirmados em um intervalo de 24 horas. É a terceira vez que isso acontece. As outras vezes foram no dia 2 de junho, terça-feira passada, com 198 casos; e no dia 22 de maio, com outros 176 testes positivos. 

De acordo com o Informe Epidemiológico divulgado nesta quinta-feira (4) pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS), 176 testes deram positivos e a capital tem 2.410 casos confirmados ao todo. 

Uma morte foi confirmada de quarta para quinta e assim a capital apresenta 75 óbitos de pacientes residentes da capital.

Comentários
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.
ANUNCIE AQUI