Geral

Goianos estão entre os 10 maiores bilionários do Brasil em 2019; veja a lista

Reprodução/Twitter
Joesley Batista e Wesley Batista

A Forbes divulgou a lista dos bilionários brasileiros de 2019, que teve um número recorde de representantes nesta edição. Atualmente, o Brasil conta com 206 bilionários, 26 a mais do que no ano passado. Entre os 10 maiores, temos dois goianos, Joesley Batista e Wesley Batista, do conglomerado J&F.

Veja abaixo os maiores bilionários brasileiros:

1) O carioca Jorge Paulo Lemann, 80 anos, tem R$ 104,71 bilhões e está na liderança desde 2013. Ele está a frente da Ambev e é um dos sócios do fundo de investimentos 3G Capital.

2) Joseph Safra, 81 anos, é o banqueiro mais rico do mundo com fortuna acumulada em R$ 95,04 bilhões. O libanês naturalizado brasileiro herdou em 1955, junto com os irmãos Edmond e Moise, o Banco Safra, fundado pelo pai, Jacob. Após a morte de Edmond (1999), Joseph comprou a participação de Moise, em 2006. Atualmente, além do Banco Safra, ele também é proprietário do J. Safra Sarasin (Suíça) e do Safra National Bank (EUA), mas os últimos dois são comandados pelo filho mais velho, Jacob, e os filhos David e Alberto estão com as operações brasileiras. Safra ainda tem investimentos imobiliários em vários países e é sócio da maior produtora de bananas do mundo, a Chiquita Brands.

3) Marcel Herrmann Telles, 69 anos, é sócio na 3G Capital e em outros empreendimentos e conta com R$ 43,99 bilhões no banco.

4) O paulista Eduardo Saverin, 37 anos, é um dos cofundadores do Facebook e tem R$ 43,16 bilhões. Ele mora em Singapua desde 2012, onde tem uma empresa de investimentos focada em startups, com atuação em vários segmentos e ações na Ásia e nos Estados Unidos.

5) Carlos Alberto Sicupira e família. O carioca de 69 anos é o terceiro sócio da 3G Capital, junto com Lemann e Telles. Ele também é presidente do conselho de administração das Lojas Americanas desde 2016. Sua fortuna está calculada em R$ 37,35 bilhões.

6) André Esteves, 50 anos, é o maior acionista individual do banco BTG Pactual, o maior em investimentos independente da América Latina. Chegou a ser preso na Operação Lava Jato em 2015 e ficou afastado até julho de 2017, quando foi absolvido. Ele não está mais na diretoria ou no conselho administrativo, mas é um gande acionista. O carioca tem R$ 20,75 bilhões.

7) Luiz Frias, 56 anos, é CEO e presidente do conselho de administração da empresa de pagamentos PagSeguro. Desde 1962, a família Frias é dona do jornal Folha de S.Paulo, do qual Luiz é o presidente. Ele ainda criou o portal UOL em 1996 e é dono do jornal Agora São Paulo, Instituto Datafolha, editora Publifolha, o selo Três Estrelas e a Plural Editora e Gráfica. Com todas essas empresas, Luiz Frias tem R$ 20,34 bilhões.

8 e 9) Os irmãos goianos Wesley e Joesley Batista, de 49 e 47 anos, tem cada um R$ 14,78 bilhões. Eles são filhos do fundador da JBS, José Batista Sobrinho, e até maio de 2017 estavam no conselho de administração da empresa, mas renunciaram quando assinaram acordo de delação premiada na Operação Lava Jato. O conglomerado J&F, da família Batista, ainda tem empresas de celulose, de higiene e no setor financeiro. Hoje a família é representada no conselho administrativo pelo fundador e por Wesley Mendonça Batista Filho, neto de José Batista Sobrinho.

10) O médico cearense Candido Pinheiro Koren de Lima, 73 anos, é o fundador, presidente do conselho e maior acionista da prestadora de serviços de saúde Hapvida. O oncologista tem R$ 13,82 bilhões.

Comentários
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.
ANUNCIE AQUI