Geral

Mulher é suspeita de colocar fogo no próprio filho, em Senador Canedo

Reprodução
Homem está na UTI da unidade

*Atualizada às 12h17

Uma mulher de 19 anos e seu filho, de apenas um ano, foram internados em um hospital de Goiânia com queimaduras após ela ter, supostamente, ateado fogo na criança. Informações preliminares dão conta de que a mulher estava em estado de surto quando cometeu o ato. O caso aconteceu na noite de quarta-feira (22) em Senador Canedo, na Região Metropolitana.

Segundo informações da Secretaria de Saúde e da Secretaria Municipal de Segurança Pública de Senador Canedo, a criança teve queimaduras por álcool e fogo com 19% do corpo queimado. Já a mãe teve queimaduras de primeiro e segundo grau em 28% do corpo.

Os dois pacientes foram encaminhados para o Hospital Estadual de Urgências Governador Otávio Lage de Siqueira (Hugol).

A mulher teria jogado álcool na criança e no próprio corpo e, depois, ateado fogo. As secretarias de Senador Canedo informaram que "ainda não é de conhecimento os motivos para o ato".

No entanto, a reportagem apurou que a mulher estaria em estado surto. Mãe e filho seguem internados no hospital.

A Polícia Civil confirmou que investiga o caso.

Comentários
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.
ANUNCIE AQUI