Geral

Romaria de Trindade segue sem definição com aumento de casos da Covid-19

Ricardo Rafael

A Romaria do Divino Pai Eterno, conhecida como Festa de Trindade, pode, mais uma vez, ter alterações na programação por conta da pandemia do coronavírus (Sars-CoV-2). Com o aumento dos casos, ainda não se sabe como será a festa, que completa 181 anos em 2021.

Representantes da Associação Filhos do Pai Eterno (Afipe), Santuário Basílica, autoridades sanitárias e prefeitura da cidade têm acompanhado a evolução da doença para tomarem uma decisão.

A Afipe informou que, no momento, não há previsão de cancelamento, porém ainda não se sabe se a festa será presencial ou só pelas mídias.

A prefeitura da cidade ainda não tem definição sobre as orientações. Atualmente, as igrejas do município podem receber 20% dos fiéis e devem seguir os protocolos de uso de máscara, álcool gel e distanciamento.

Padre João Paulo Santos, reitor do Santuário Basílicado Divino Pai Eterno, disse em vídeo gravado para a prefeitura de Trindade que este é um momento em que todos precisam se comprometer com este problema, que é da humanidade. Ele aprova o envolvimento dos setores público, privado, religioso e população e afirma que não tem como negar que o problema não exista.

Comentários
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.
ANUNCIE AQUI