Minha dica é...

5 benefícios que os doadores de sangue tem e quase ninguém sabe

Divulgação

Cada estado possui sua própria lei sobre os direitos do doador de sangue. Em Goiás, a Lei Estadual nº 12.121, de 05 de outubro de 1993, traz uma série de benefícios para quem quer fazer essa boa ação.

Uma série de estímulos especiais que quase ninguém conhece estão disponíveis para os doadores voluntários e sistemáticos de sangue e aos doadores voluntários de medula óssea e de órgãos, que moram em Goiás. 

Os voluntários devem possuir carteira de identificação de doador, expedida anualmente pela Secretaria de Estado de Saúde.

De acordo com a lei, os doadores devidamente identificados têm os seguintes benefícios:

  • Prioridade de atendimento à saúde, no que concerne às consultas médicas e odontológicas em âmbito estadual, junto às unidades sanitárias, ambulatoriais ou hospitalares, integradas ao Sistema Único de Saúde (SUS)
  • Prioridade na marcação de exames laboratoriais complementares, nas entidades de saúde integradas ao Sistema Único de Saúde (SUS)
  • Aquisição de meia-entrada em todos os locais públicos estaduais de cultura, esporte e lazer mantidas pelas entidades e pelos órgãos das Administrações Diretas e Indiretas, bem como particulares em regime de concessão, permissão ou autorização.
  • Incumbe às autoridades de saúde e de segurança pública, em caso de acidente com os doadores, prestar-lhes a devida assistência, e efetuar, de imediato, a comunicação do fato aos órgãos a que estiverem vinculados
  • Os doadores de sangue serão indenizados pela despesa de transporte decorrente de sua ida e volta ao Hemocentro, em importância equivalente a dois vales-transporte

Quem pode doar

Está apto a doar sangue quem tem entre 18 e 69 anos, mais de 50 quilos e boas condições de saúde. 

Quem teve diagnóstico de hepatite após os dez anos de idade, está grávida ou em fase de amamentação e faz o uso de drogas não pode ser um doador.

Todo sangue coletado passa por testes e os doadores podem optar por ter acesso gratuito aos resultados de exames para detecção de Sífilis, HIV, Hepatite, Doença de Chagas, HTLV 1/2 e formas raras de anemias, além de saber qual tipo de sangue e fator RH possuem.

As informações são do Goiás Agora.

Comentários
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.
ANUNCIE AQUI